Mais de 12 mil torcedores afeanos empurraram a Locomotiva na decisão contra o Clube Atlético Votuporanguense, na Fonte Luminosa, mas a AFE acabou sendo superada nas disputas de pênaltis (5×3) e ficou com o vice-campeonato da Copa Paulista 2018. Como o Votuporanguense optou pela disputa da Copa do Brasil do ano que vem, a Locomotiva automaticamente poderá herdar a vaga para a Série D do Brasileirão.

Resumo da partida 

Superior ao adversário durante todo o jogo, a Ferroviária teve o controle das ações ofensivas e defensivas, mas não conseguiu garantir a vitória no tempo normal. A equipe até saiu na frente, com gol de Tom, após cruzamento de Felipe Ferreira no setor esquerdo ofensivo, mas, ainda no primeiro tempo, o Votuporanguense igualou o marcador com Erick Sales.

Precisando de uma vitória simples para garantir o tricampeonato da Copa Paulista, a Locomotiva pressionou o Votuporanguense durante todo o segundo tempo e até teve chances de marcar novamente. Em uma das oportunidades, após bate e rebate na grande área, o zagueiro do CAV tirou a bola em cima da linha após finalização do atacante Tom.

Retrancada, a equipe visitante se segurou como pôde e aguardou o apito final, sinalizando cobranças de pênaltis.

Nas batidas, o Votuporanguense teve melhor aproveitamento e garantiu o título da Copa Paulista após fechar a disputa em 5 a 3.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 1 x 1 VOTUPORANGUENSE (3×5 nos pênaltis)
Local
: Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara;
Data/Horário: Domingo, 2 de dezembro, 11 horas;
Arbitragem: Vinicius Gonçalves Dias Araújo, auxiliado por Daniel Luís Marques e Daniel Paulo Ziolli;
Público: 12.224 pagantes;
Renda: R$ R$ 101.550,00;
Cartões amarelos: Marcos Ytalo, Caio Mancha e Fellipe Matheus (Ferroviária); Matheus Destro (Votuporanguense);
Gols: Tom (29’ do 1T) para a Ferroviária; Erick Sales (46’ do 1T) para o Votuporanguense;

FERROVIÁRIA – Gabriel Leite; Marcos Ytalo, Elton, Gualberto e Arthur; Higor Meritão, Caíque (Fellipe Matheus) e Léo Artur (João Clériston); Tom, Caio Mancha e Felipe Ferreira (Richard). Técnico: Vinicius Munhoz;

VOTUPORANGUENSE – Bruno Pianissola; Sávio, Renato Justi, Paulo Henrique e Matheus Destro (Lucas Anselmo); Alisson, Ricardinho e Léo Aquino; Erick Sales (João Marcos), Dudu (Léo Santos) e Bruno Baio. Técnico: Rafael Guanaes.