As Guerreiras Grenás receberam, na Fonte Luminosa, o Audax, pela segunda rodada do Campeonato Paulista Feminino. A equipe controlou boa parte do jogo, saiu atrás do marcador, mas Luana, de pênalti, empatou a partida em 1 a 1. A Ferroviária volta a campo na quarta-feira (10), às 18h30, novamente na Fonte Luminosa, para enfrentar o Foz/Atlhético Paranaense, pelo Campeonato Brasileiro.

A partida começou com muita posse de bola da Ferroviária, que buscou espaços nas marcação, mas sem sucesso. Aos 30 minutos do primeiro tempo, Karen, de falta, abriu o placar para as visitantes. A Locomotiva seguiu em cima e quase empatou logo em seguida, com Aline Milene, mas a primeira etapa terminou com o Audax em vantagem.

Na segunda etapa, as Guerreiras foram pra cima e nos três primeiros minutos, criaram duas chances de gol, com Rafa Mineira arriscando de fora da área e Kamilla, que parou na goleira adversária. Aos 17 minutos, Adriane Nenê teve a oportunidade de empatar a partida, de pênalti, mas a cobrança foi pra fora. A Ferroviária não desistiu e continuou lutando. Até que aos 44 minutos, Luana, em cobrança de penalidade, empatou a partida e deu números finais ao jogo.

De acordo com a zagueira Luana, a equipe fez uma boa partida. “Sabíamos que seria difícil, mas nós tentamos de todas as formas e não conseguimos. Acho que faltou aquele último passe, que deixa a companheira na cara do gol. A responsabilidade é do time inteiro e temos que seguir trabalhando, porque não temos tempo para lamentar, já que na quarta-feira já temos mais um jogo decisivo pelo Campeonato Brasileiro”, afirmou.

Para a técnica Tatiele Silveira, em coletiva de imprensa após a partida, o empate deve ser lamentado, por tudo que foi feito durante o jogo. “Nós tivemos um volume grande e criamos oportunidades para ganhar a partida e por isso saímos chateadas por perder pontos em casa. Estamos em evolução, mas hoje tivemos alguns erros de passes e vamos corrigir isso, trabalhando muito para o próximo jogo.”

Texto: Jonatan Dutra
Foto: Beto Boschiero