As Guerreiras Grenás venceram a segunda partida consecutiva na Libertadores e garantiram vaga nas quartas de final do torneio, com uma rodada de antecedência. Nesta terça-feira (15), a Locomotiva derrotou o Estudiantes de Caracas-VEN por 4 a 1, com gols de Nathane (2), Aline Milene e Luana. Na próxima rodada, no encerramento da primeira fase, a Ferroviária enfrenta o Deportivo Cuenca-EQU para decidir o primeiro lugar do Grupo B, já que o time da casa também tem seis pontos, mas perdem no saldo de gols (12 contra 6). A partida será na sexta-feira (18), às 19 horas (horário de Brasília), no estádio Rodrigo Paz Delgado, em Quito, no Equador.

Até o momento, a Ferroviária tem a melhor campanha da competição, com 100% de aproveitamento (duas vitórias em dois jogos), 14 gols marcados e apenas dois sofridos.

Apesar de ter mais posse de bola e criar a maioria das chances, o primeiro tempo da partida terminou empatado em 0 a 0. No segundo tempo, logo aos sete minutos, Barrinha cruzou, Nathane dominou, fintou a zagueira e chutou forte para abrir o placar. Aos 36, Aline Milene acertou um lindo chute de fora da área, no ângulo, e fez o segundo da Ferroviária. Aos 42, Aline Milene fez boa jogada, driblou a zagueira e cruzou rasteiro para Nathane, que desviou para o gol, fazendo o segundo dela na partida, o terceiro das Guerreiras. Aos 44 minutos, o Estudiantes diminuiu. Porém, dois minutos depois, Luana aproveitou rebote de escanteio e fez o quarto gol da Ferroviária. Final de jogo, Ferroviária 4 a 1 contra o Estudiantes de Caracas-VEN.

A técnica Tatiele Silveira falou que a vitória foi importante também pela classificação. “Foi uma partida importante pela classificação antecipada, que nós tínhamos esse desejo. O adversário nos trouxe dificuldade, mas conseguimos, no decorrer da partida, equilibrar o jogo e ter felicidade dos gols”, disse.

A meia Aline Milene, autora de um dos gols da Ferroviária, ressaltou a importância do grupo. “Foi um jogo muito difícil pra gente, a equipe se fechou bem ali atrás e nós tivemos um pouco de dificuldade no primeiro tempo para conseguir infiltrar. Mas no segundo tempo nós fomos bem mais efetivas, conseguimos fazer os gols e conseguimos sair com a vitória e classificação. E é importante ressaltar o grupo. Se nós conseguimos fazer gols e dar assistências é porque é um grupo que está bem e está trabalhando corretamente junto”, falou.

Já a zagueira Luana, que marcou seu segundo gol na competição, disse que a Ferroviária vai em busca do primeiro lugar do Grupo B na partida contra o Deportivo Cuenca-EQU. “É difícil porque é o time da casa. Mas, apesar de já estarmos classificadas, nós queremos os três pontos e o primeiro lugar”, pontuou.

Texto e foto: Tiago Pavini/Ferroviária SA